3.9.11

talvez me falte voltar a amar


E hoje, que consigo olhar para trás com outros olhos, que respiro tranquilidade e que sinto o coração solto e a alma vazia, começo a ridicularizar atitudes que tive, momentos que chorei incansavelmente, respostas que dei em vão, o que descarreguei em quem não merecia, as minhas infantilidades e futilidades... Sinto-me como se não sentisse e estou a ficar assustada, parece que não consigo tirar nada do que me rodeia, que os sentimentos foram abafados como se passasse um comboio cada vez que me tento reaproximar deles. E o mais estranho nisto tudo foi que sempre desejei estar assim, esquecer o que me flagelava dia após dia e no entanto, tenho a sensação de estar vazia, falta-me alguma coisa, talvez me falte voltar a amar.

3 comentários:

Ana Guerreiro disse...

Sinto-me exactamente igual. Mas tenho medo de voltar a amar e de voltar a chorar incansávelmente. É difícil de gerir este sentimento.

Força!

Helena disse...

Gostei muito do texto.

Helena disse...

Muito obrigada.

é assim pois!

A minha foto
"lembra-te de amar tudo o que tens, porque ninguém tem tudo o que ama (...)"

os meus textos

Segue-me ;)