27.6.10

Joana Filipa Carvalho Alves

Somente por ti e para ti! O início foi marcado há cinco anos, quando chegaste tão silenciosa, calma e desconfiada. Unimo-nos de uma forma inexplicável, formamos a dupla invejada por muitos e desde logo ficamos cúmplices. Transformamo-nos, crescemos e até hoje permanece a vontade de estarmos juntas, de desabafarmos, de contarmos piadas, de nos animarmos com cada palavra e com cada gesto. Lembras-te de quando tínhamos risos sem fim e ficava toda a gente a olhar para nós sem perceber o que se estava a passar? De me dizeres com a tua voz ternurenta "Gosto muito de ti Joana Maria"? Dos momentos debaixo do guarda-chuva aos empurrões mas que no fim acabavam com abraços apertados em que ficávamos tão juntinhas que formávamos um só lugar? Das lágrimas que derramei ao teu lado e que tu sempre conseguiste limpar apenas estando ao meu lado, em que me abrias um sorriso de orelha a orelha? De muitas outras figuras em que se demonstrava a verdadeira amizade e os sorrisos bem abertos?
Penso em todos os momentos que passamos e até o tempo em que permanecemos como melhores amigas… Confesso que tenho saudade da nossa ingenuidade, de quando para nós o Mundo era um sonho!
Os tempos mudaram e muitas coisa se foi metendo pelo meio fazendo com que nos afastássemos cada vez mais… Minha irmã, eu NUNCA te abandonei!
Hoje fizeste-me chorar, não por me tratares mal, mas pela vontade que tinha em dizer algo que na altura veio bem cá de dentro… Tudo o que disse foi profundo e cada palavra mostrou um pouco do que sinto por ti. Não esperava que acontecesse mas a vida dá muitas voltas…
Resta-me pedir-te desculpa por certas atitudes que tomei e por coisas que disse, realmente podemos ser muito duros quando agimos de cabeça fria.
Acredito solenemente que a nossa amizade ultrapasse isto e que este baixo seja o único e mísero baixo que alguma vez existiu ente nós!
Quero que saibas que te adoro incondicionalmente e que terás sempre um grande significado na minha vida. Tu sim, tu és aquela a quem eu devo mais agradecimentos, aquela por quem eu tenho um carinho especial, aquela de quem me orgulho mais e, provavelmente, aquela que guardo com mais confiança no meu coração.
Construímos o impensável quando nos conhecemos e entregamo-nos dando tudo por tudo para lutar pela nossa amizade.
E sabes que mais? Não me importo nada sobre o que dizem... o que eu quero é que estejas comigo para sempre!
Acredita que me marcaste, e, embora eu não o demonstre muitas vezes, eu gosto mesmo muito de ti (…)

Só porque és tu, a minha eterna amiga, a irmã que eu escolhi  ♥

1 comentário:

Isabel disse...

tenho um selo para ti no meu blog:p

é assim pois!

A minha foto
"lembra-te de amar tudo o que tens, porque ninguém tem tudo o que ama (...)"

os meus textos

Segue-me ;)